AVISO AVISO

ATENÇÃO com a finalidade de melhorar a performance do sistema, estão sendo exibidas apenas as consultas públicas EM ANDAMENTO.

Caso deseje acessar as consultas com prazo esgotado, favor selecionar o botão STATUS abaixo e marcar a opção "Fechado".

fechado
Consulta Pública nº 23 de 04/11/2016

Redefinição dos Parâmetros de Aversão a Risco

Redefinição dos Parâmetros de Aversão a Risco nos Modelos Computacionais para Operação, Formação de Preço, Expansão e Cálculo de Garantia Física

Publicação no DOU em: 04/11/0201,
Prazo: 04/11/2016 à 05/12/2016
Número Processo: 48000.001547/2016-24
Área Responsável: Secretaria Executiva
ANEXOS
Download
Ata de Reunião dContribuições enviadas por outras formas (e-mail ou físico) Download
Ata de Reunião da CPAMP de 18/10/2016 Download
Portaria nº 521, de 4 de Novembro de 2016, que abre a Consulta Pública Download
Revisão 1 - Análise de Contribuições - GT 7 CPAMP (novo: Anexo II) Download

  • Contribuído em 19/12/2019

    Contribuição da Petrobras para a Consulta Pública 23/2016

    Contribuição da Petrobras para a Consulta Pública 23/2016

    Justificativa da reprovação:

  • Contribuído em 19/12/2019

    Contribuição SAESA

    Vimos pela presente disponibilizar a contribuição (anexa) da Santo Antônio Energia para a Consulta Pública nº 023 de 2016, que tem como objetivo redefinir os parâmetros de Aversão a Risco nos Modelos Computacionais.

    Justificativa da reprovação:

  • Contribuído em 19/12/2019

    Contribuições CESP relativas à Consulta Pública nº 23, de 04/11/2016.

    Redefinição dos Parâmetros de Aversão a Risco nos Modelos Computacionais para Operação, Formação de Preço, Expansão e Cálculo de Garantia Física

    Justificativa da reprovação:

  • Contribuído em 19/12/2019

    CP 23-2016

    Contribuição Abradee

    Justificativa da reprovação:

  • Contribuído em 19/12/2019

    Contribuição da Apine para a Consulta Pública 023/2016

    Contribuições da Apine à Consulta Pública MME n.º 23/2016 para redefinição dos Parâmetros de Aversão a Risco nos Modelos Computacionais para Operação, Formação de Preço, Expansão e Cálculo de Garantia Física.

    Justificativa da reprovação:

  • Contribuído em 19/12/2019

    Contribuição ABRAGEL CP 023/2016

    Redefinição dos Parâmetros de Aversão a Risco nos Modelos Computacionais para Operação, Formação de Preço, Expansão e Cálculo de Garantia Física

    Justificativa da reprovação:

  • Contribuído em 19/12/2019

    Contribuição da AES Tietê Energia para a CP 23/2016

    Contribuições da AES Tietê Energia para a CP 023/16, sobre "Redefinição dos Parâmetros de Aversão a Risco nos Modelos Computacionais para Operação, Formação de Preço, Expansão e Cálculo de Garantia Física"

    Justificativa da reprovação:

  • Contribuído em 19/12/2019

    Contribuição da CPFL Energia à Consulta Pública MME 023/2016

    Contribuição da CPFL Energia à CP MME 023/2016 - Revisão dos Parâmetros de Aversão a Risco

    Justificativa da reprovação:

  • Contribuído em 19/12/2019

    Contribuição da Abrace para a CP 23/2016

    Contribuição da Abrace para a CP 23/2016

    Justificativa da reprovação:

  • Contribuído em 19/12/2019

    Contribuições ABRAGEL CP 023/2016

    Redefinição dos Parâmetros de Aversão a Risco nos Modelos Computacionais para Operação, Formação de Preço, Expansão e Cálculo de Garantia Física

    Justificativa da reprovação:

  • Contribuído em 19/12/2019

    Contribuição da EDP à Consulta Pública MME n° 23/2016

    Redefinição dos Parâmetros de Aversão a Risco nos Modelos Computacionais para Operação, Formação de Preço, Expansão e Cálculo de Garantia Física

    Justificativa da reprovação:

  • Contribuído em 19/12/2019

    Contribuição ABIAPE - CP MME 023 2016 - Aversão a risco

    Prezados, segue anexa a contribuição da ABIAPE para a Consulta Púlica nº 23 de 2016.

    Justificativa da reprovação:

  • Contribuído em 19/12/2019

    Contribuições da ABEEólica - Consulta Pública 023/2016

    Contribuições acerca da Redefinição dos Parâmetros de Aversão a Risco nos Modelos Computacionais para Operação e Formação de Preço.

    Justificativa da reprovação:

  • Contribuído em 19/12/2019

    Contribuição do BTG Pactual à Consulta Pública no 23/2016 do Ministério de Minas e Energia - MME

    Contribuição do BTG Pactual à Consulta Pública no 23/2016 do Ministério de Minas e Energia - MME

    Justificativa da reprovação: